Domaine Henri & Gilles Buisson, Corton Grand Cru AOC Cuvée Le Rognet-et-Corton 2009 biodinâmico

  • País
    França
  • Região
    Bourgogne
  • Apelação
    Corton Grand Cru AOC Côtes de Beaune
  • Produtor
    Henri e Gilles Buisson
  • Vinícola
    Domaine Henri & Gilles Buisson / Saint Romain
  • Tipo
    Tinto
  • Safra
    2009
  • Orgânico
    100% Ecocert
  • Vieilles Vignes
    50 anos
  • Composição
    100% Pinot Noir
  • Colheita
    Manual com seleção de cachos
  • Fermentação
    Fermentação alcoólica e malolática com leveduras indígenas naturais de cepas selecionadas.
  • Maturação
    12 meses em barrica de carvalho francês; 10% novas, 90% de 1 à 6 vinhos.
  • Volume
    750
  • Grad. Alcóolica
    13,3%vol
  • Temperatura Ideal
    16 a 17ºC
  • Sugestão de Guarda
    Pronto para consumo, com seu auge do 8º ao 15º ano, grande potencial de guarda.
  • Açucares totais
    0,3
  • Acidez volátil
    12,79meq/l
  • Ph
    3,82
  • Comercialização
    Vinhos Everest @lesrefletsduterroir @vinhos_franceses
  • Vinificação
    Longa maceração e fermentação com controle de temperatura
Notas
Corton é uma apelação Grand Cru da Côte de Beaume, na região da Bourgogne. O millésime 2009 foi, nesta região, assim como em outros vinhedos franceses, um ano excepcional. Este Grand Cru nasce nas suaves encostas da colina de Corton, orientadas direção leste. O solo é argiloso-calcário e as vinhas de 50 anos de idade dão às uvas taninos generosos e expressivos, além da estrutura perfeita para elaborar vinhos carnudos. Este Grand Cru, possui uma coloração vermelho intenso. No nariz, apresenta na sua juventude aromas de frutas vermelhas (cassis e cereja) e quando envelhece, surpreende com aromas de trufas. Em boca, é estruturado, persistente; Aconselhamos decantar cerca de 1 hora.

Sobre o Produtor

Mais que tradição, uma paixão que está presente há 8 gerações na família Buisson (desde 1758). Produzindo desde o tempo em que o vinho era vendido principalmente à granel, a família foi pioneira no engarrafamento. Os negócios foram ampliados incluindo uma abordagem turística no domaine. Hoje a propriedade possui 19 hectares plantados com 2 premiers crus e 3 grands crus, sendo administrado inteiramente pela familia.
Com colheitas manuais, utilização de produtos quimícos limitado há mais de 20 anos, o domaine obteve sua certificação de agricultura biológica pelo Ecocert em 2009.
Na cave do domaine "dormem" as primeiras garrafas do primeiro millésime, engarrafado na propriedade (1947).
Frank e Frédérick, os dois irmãos, explicam: "nosso objetivo é continuar à produzir vinhos de caráter, vinificados para a longetividade, preservando a essência do terroir, da vinha e do fruto."

O domaine é uma referência em Saint Romain; uma propriedade exemplar no vinhedo Côte de Beaume. A prioridade é dada à pequenos rendimentos, vinificação tradicional, privilegiando os aromas frutados e a maciez do vinho.

Clique nas imagens para ampliá-las.

Harmonizações

Confira mais Sugestões